.

De autoria do Vereador Eder Manoel, foi apresentada e aprovada por unanimidade a Moção de Aplauso e Agradecimento 08/2020, em homenagem ao Jubileu dos 300 anos de vida dos Passionistas. Seguindo as recomendações sanitárias referentes à COVID-19, a moção foi entregue ao Padre Célio Amaro, Pároco da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, representando todos os homenageados.

Justificativa:

A Congregação da Paixão, também conhecida como Passionistas, celebra os 300 anos da sua fundação por São Paulo da Cruz, com um Ano Jubilar. Com o tema: “Renovar a nossa missão: gratidão, profecia e esperança”, a Congregação da Paixão de Jesus Cristo, os Passionistas, deu início no dia 22 de novembro de 1720.

A data de início do Jubileu, 22/11/2020, faz referência ao dia em que Paulo Danei (hoje São Paulo da Cruz), um jovem de 26 anos, abandonou a atividade comercial e começou um retiro de 40 dias em um pequeno compartimento da Igreja São Carlos em Castellazzo, Itália. Durante este período, escreveu as Regras da futura Congregação. Sentiu-se inspirado a “reunir companheiros para partilhar e anunciar ao mundo o amor do Crucificado”.

Homem inspirado para curar os males do mundo, dando testemunho e proclamando que “A Paixão de Jesus é a maior e mais maravilhosa obra do amor divino”. Os Passionistas são uma Congregação missionária e hoje estão presentes em 63 países dos cinco continentes. São Paulo da Cruz nasceu no dia 03 de janeiro de 1694, em Ovada (Itália) e faleceu em Roma no dia 18 de outubro de 1775.

Nestes 300 anos de vida da Congregação Passionista, o Senhor, presenteou a Igreja com 7 santos: São Paulo da Cruz, São Vicente Maria Strambi, São Gabriel de Nossa Senhora das Dores, São Carlos Houben, Santa Maria Goretti, Santa Gema e Santo Inocêncio Canoura.

Desde a saída dos Freis Dominicanos, em março de 1959, a comunidade Católica de Iporá foi confiada aos Passionistas, que tem guiado a comunidade no amor de Deus e ajudando os mais necessitados.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Data de publicação: 27/11/2020

Compartilhe!